Retrospectiva 2019 | Os 10 fatos mais marcantes do Santuário de Anchieta

Anchieta no coração da Amazônia
31 de dezembro de 2019
Enchentes no Espírito santo: do bom samaritano à porta estreita
19 de janeiro de 2020

Retrospectiva 2019 | Os 10 fatos mais marcantes do Santuário de Anchieta

Elegemos os 10 acontecimentos mais marcantes do ano de 2019 para a história do Santuário Nacional de São José de Anchieta e do Apóstolo e Padroeiro do Brasil.

Elegemos os 10 acontecimentos mais marcantes do ano de 2019 para a história do Santuário Nacional de São José de Anchieta e do Apóstolo e Padroeiro do Brasil. 


 

1 – Festa Nacional de São José de Anchieta

 

Na Festa Nacional de São José de Anchieta de 2019 foram 23 dias de festa. Teve início no primeiro final de semana de junho com a Procissão Luminosa e a Carreata com a relíquia de São José de Anchieta e encerrou no dia 23, com a chegada dos andarilhos da peregrinação dos Passos de Anchieta.

A Novena em preparação para a solene celebração do Apóstolo e Padroeiro do Brasil foi um tempo graça que também tornou possível conhecer melhor os títulos de Anchieta e porque o Santuário Nacional de Anchieta é um lugar santo de peregrinação.

Anchieta, Poeta da Virgem Maria

Anchieta, Apóstolo do Brasil

Santuário de Anchieta: santo lugar de peregrinação

Peregrinação e Homenagens

Durante todo a Festa, grande foi o número de peregrinos que visitaram o Santuário e muitas foram as homenagens.

 A 22ª peregrinação dos Passos de Anchieta : A Santidade foi o ostensório de São José de Anchieta em seus passos

Relatos dos peregrinos:  Relatos das peregrinações e romarias a pé que marcaram o encerramento da Festa Nacional de São José de Anchieta 2019.

Índios tupiniquins no Santuário de Anchieta: Presença Indígena

Homenagem das crianças no dia 09 de junho, dia de São José de Anchieta.

2 – Missa celebrada pelo Arcebispo de Vitória, Dom Frei Dario Campos

A Missa solene em honra a São José de Anchieta foi aconteceu no dia 15 de junho, sábado, pois a memória litúrgica celebrada dia 09 de junho, neste ano, coincidiu com o domingo em que se celebrava a Solenidade de Pentecostes. Grande expressão de comunhão e proximidade, a presença de Dom Dario na celebração da Missa solene de São José de Anchieta trouxe alegria e afáveis manifestações de carinho.

Relembre: Um olhar apostólico na Missa Solene de São José de Anchieta

Dom Dario com as crianças após a Missa.

3- Lançamento do Devocionário de São José de Anchieta

Para Anchieta ser mais conhecido, amado e imitado foi lançado esse devocionário que se tornou um presente e um legado da Festa Nacional do Apóstolo e Padroeiro do Brasil. Com homilias, poemas e orações escritas por São José de Anchieta o Devocionário, lançado pela Editora Santuário, pode ser encontrado na secretaria do Santuário e nas principais livrarias do Brasil.

Relembre: Devocionário | Apóstolo e Padroeiro do Brasil

Capa do devocionário lançado pela editora Santuário.

4- Papa Francisco recebe livro lançado no Santuário

O Papa Francisco recebeu com surpresa e alegria o Devocionário de São José de Anchieta – Apóstolo e Padroeiro do Brasil. Sob a autoridade do sucessor de Pedro, chegou a hora de conhecer e dar seguimento ao legado do Apóstolo e Padroeiro do Brasil, cuja santidade de vida deu bons frutos nas terras ultramarinas e hoje é apresentado ao mundo como semente de santidade para ser lançada aonde o Senhor julgar que pode produzir mais fruto.

Relembre: O presente é este que causou tanta surpresa ao Papa Francisco

Alegria e surpresa ao receber o Devocionário do Apóstolo e Padroeiro do Brasil.

5- Lançamento do livro São José de Anchieta. Um poeta apaixonado pelo reino, em português.
 

Um segundo livro sobre São José de Anchieta foi lançado neste ano. Escrito originalmente em italiano, o livro José de Anchieta, Um poeta apaixonado pelo reino, chegou ao Brasil publicado pelo Programa Magis Brasil, responsável pelo acompanhamento das vocações jesuítas. Com uma narrativa leve e envolvente, esta breve biografia de São José de Anchieta nos aproxima da humanidade de Anchieta. Vida que resplandece como luz para as necessidades do nosso tempo.

Relembre: Eu preciso de companhia. E nós?

Capa do livro José de Anchieta, um poeta apaixonado pelo reino.

6- Entrevista na CBN

Foi também neste ano que o CBN Cotidiano, apresentado pelo jornalista Fábio Botacin, dedicou parte do programa para contar a história de São José de Anchieta. O Padre Bruno Franguelli, vice-reitor do Santuário São José de Anchieta, foi o convidado para dar detalhes dessa história aos ouvintes.

Escute na íntegra, foram quase 40 minutos de uma conversa leve e descontraída sobre o Apóstolo e Padroeiro do Brasil.

O jornalista Fábio Botacin e o Padre Bruno Franguelli no estúdio CBN Vitória.

7 – Missa no túmulo de São José de Anchieta

A Missa votiva a São José de Anchieta celebrada no Palácio Anchieta neste ano foi um acontecimento histórico. Desde a expulsão dos jesuítas dos reinos de Portugal em 1759, não há registros de uma celebração no lugar. Em um intervalo de 260 anos, há apenas 5 anos da canonização de Anchieta, os jesuítas voltaram a celebrar a Missa no local onde São José de Anchieta foi sepultado: o mesmo lugar onde Anchieta foi aclamado Apóstolo do Brasil, no dia de suas exéquias. Antes, igreja de São Tiago. Hoje, Palácio Anchieta. Sempre, Memorial do Apóstolo do Brasil.

Relembre: Igreja de São Tiago apóstolo. Memorial do Apóstolo do Brasil

Os padres jesuítas Bruno Franguelli, Nilson Marostica e José Célio celebraram a Missa no túmulo de Anchieta, após 260 anos.

8- Festa de Nossa Senhora da Assunção e Dedicação da igreja

A Festa de Nossa Senhora da Assunção é a segunda festa anual do Santuário de São José de Anchieta. A festa da padroeira da Matriz aproxima e reúne todas as comunidades em torno daquela que foi a primeira igreja construída na região. Também é nesta festa que se celebra a Dedicação da igreja que foi realizada pelo próprio São José de Anchieta, em 1590.

Portanto, o dia 15 de agosto de 2019 reuniu importantes marcos culturais, artísticos e religiosos de São José de Anchieta para a história do Brasil: 440 anos da presença da Companhia de Jesus nas terras de Anchieta; 429 anos da Dedicação da igreja de Nossa Senhora da Assunção realizada por São José de Anchieta; e 429 anos do Auto da Assunção, peça teatral escrita por São José de Anchieta.

Para comemorar tão importante data, o reitor do Santuário, padre Nilson Marostica, preparou uma Novena incluindo os textos de autoria de São José de Anchieta, em particular do Poema à Virgem Maria e do Auto da Assunção, escrito e encenado por Anchieta na primeira Festa da Assunção que aconteceu ali, no ano 1590.

Relembre

Devoção de um santo: Experimentar a mesma devoção de um santo

15 de agosto: Marcos de Anchieta

Acesse o texto completo da novena em PDF: Novena de Nossa Senhora da Assunç̧ã̃o

Imagem de Nossa Senhora da Assunção no altar do Santuário.

9 – Relíquia de São José de Anchieta na Amazônia

A relíquia de São José de Anchieta foi recebida com festa no coração da Amazônia. Conheça essa história de devoção a São José de Anchieta que nasceu na simplicidade de uma pequena comunidade no coração da Amazônia, sob a proteção de Nossa Senhora de Nazaré.

Relembre: Anchieta no coração da Amazônia

Padre Nilson Marostica com a réplica da imagem de Nossa Senhora de Nazaré.

10 – Exposição das pedras originárias do Santuário

O ano de 2019 será lembrado pelo fato inédito e a oportunidade única que tivemos de ver o Santuário Nacional de São José de Anchieta com as pedras originárias expostas em toda a sua fachada. Significa dizer, ver a igreja como São José de Anchieta a construiu e dedicou, há mais de 400 anos.

Relembre

Há uma experiência religiosa na exposição das pedras?

Santuário de Anchieta para o Brasil

 

Fachada com as pedras originárias da construção de 1590.

Grande foi a repercussão desse fato histórico. Inúmeros foram os registros. Inalcançáveis os efeitos dessa experiência marcada no coração de tantos que acompanharam a revelação dessas pedras. Assim encerramos nossa retrospectiva, sabendo que a providência continua a escrever a história.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisando de ajuda?